ESTUDO DA FÍSICA

O SEU SITE DE ESTUDO NA NET

Clique aqui para fechar esta janela                                                                           Voltar a página anterior

  SIMULADO ON-LINE  

FORÇA CENTRÍPETA 

BOA SORTE

 

1. (UFMG) Quando um carro se desloca numa estrada horizontal, seu peso P é anulado pela reação normal N exercida pela estrada. Quando esse carro passa no alto de uma lombada, sem perder o contato com a pista, seu peso será representado por P' e a reação normal da pista sobre ele por N'.
Com relação aos módulos dessas forças, pode-se afirmar que:
a) P' < P  e  N' = N 
b) P' < P  e  N' > N   
c) P' = P  e  N' < N 
d) P' = P  e  N' > N 
e) P' > P  e  N' < N  
 
 
2. (UFMG) Considere uma montanha russa em forma de looping e P o ponto mais alto. Um carrinho passa pelo ponto P e não cai. Pode-se afirmar que no ponto P a(o):
a) força centrífuga que atua no carrinho o empurra sempre para a frente.  
b) força centrípeta que atua no carrinho equilibra o seu peso.  
c) força centrípeta que atua no carrinho mantém sua trajetória circular.  
d) soma das forças que o trilho faz sobre o carrinho equilibra seu peso.
e) peso do carrinho é nulo nesse ponto. 
 
 
3. (Fatec-SP) Uma esfera de 2,0 kg de massa oscila num plano vertical, suspensa por um fio leve e inextensível de 1,0 m de comprimento. Ao passar pela parte mais baixa da trajetória, sua velocidade é de 2,0 m/s. Sendo g = 10 m/s2, a atração no fio quando a esfera passa pela posição inferior é, em newtons:
a) 2.
b) 8. 
c) 12. 
d) 20. 
e) 28. 
 
 
4. (PUC-MG) Uma pedra de peso P gira em um plano vertical presa à extremidade de um barbante de tal maneira que este é mantido sempre esticado. Sendo Fc a resultante centrípeta na pedra e T, a tração exercida sobre ela pelo barbante e considerando desprezível o atrito com o ar, seria adequado afirmar que, no ponto mais alto da trajetória, atua(m) na pedra:
a) as três forças P, T e Fc.
b) apenas a força P. 
c)
apenas as duas forças Fc e P. 
d) apenas as duas forças Fc e T. 
e) apenas as duas forças P e T.   
 
 
5. (AFA-SP) Um carro deve fazer uma curva de 250 m de raio, sem derrapar, numa velocidade escalar máxima de 36 km/h. O piso da estrada é sempre horizontal e g = 10 m/s2. O coeficente de atrito entre os pneus e a estrada vale:
a) 0,04.
b) 0,2. 
c) 0,5. 
d)
25. 
e) 0,4 
 
 
6 (UFAL 87) Um carro de massa 800 kg efetua uma curva de raio igual a 100 m com velocidade de 20 m/s. A força centrípeta sobre o carro vale
a) 400 x 103
b) 320 x 103
c) 80 x 103
d) 3,2 x 103 
e) 0,16 x 103 
 
 
7. (UFAL 92) Um carro de massa 1,0 x 103 kg com velocidade de 20 m/s descreve no plano horizontal uma curva de raio 200 m. A força centrípeta tem módulo, em newtons,    
a) 2,0 x 103
b) 1,0 x 103 
c) 5,0 x 102
d) 2,0 x 102 
e) 1,0 x 102         
 
 
8. (UFAL 97) Um carro de massa 800 kg realiza uma curva de raio 200 m numa pista plana horizontal. Adotando g = 10 m/s2, o coeficiente mínimo de atrito entre os pneus e a pista para uma velocidade de 72 km/h é 
a) 0,80
b) 0,60 
c) 0,40
d) 0,20  
e) 0,10 
 
 
9. (UFAL 91/2) Um carro de massa 1,0 x 103 kg percorre um trecho de estrada em lombada, com velocidade constante de    20 m/s. Adote g = 10 m/s2 e raio de curvatura da pista na lombada 80 m. A intensidade da força que a pista exerce no carro quando este passa pelo ponto mais alto da lombada é de 
a) 1,0 x 103 N 
b) 2,0 x 103 N 
c) 5,0 x 103 N 
d) 8,0 x 103 N   
e) 1,0 x 104 N 
 
 
10. (PUC-MG) Durante a exibição aérea da esquadrilha da fumaça, no dia 7 de setembro, um dos aviões  realizou um looping de raio 30 m. No ponto mais alto da trajetória, o avião alcançou a velocidade de 20 m/s. Nesse ponto, o piloto, de massa 60 kg, exerceu sobre o assento uma força de intensidade igual a:   (Dado: g = 10 m/s2)  
a) 600 N      
b) 400 N
c) 300 N
d) 200 N
e) 100 N  
 
 

 

RESULTADOS

 
Sua nota será:
 
Você acertou as questões:
 
Você errou as questões:

VERIFICAR GABARITO