Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Reitora encaminha soluções para Unidade de Viçosa junto à Prefeitura

 

Aulas foram suspensas por dificuldades de acesso após as chuvas
Letícia Sant’Ana - estagiária de Jornalismo

 

A reitora Valéria Correia se reuniu nesta quarta-feira (19) com a gestão do município de Viçosa para encaminhar soluções para os problemas de acesso à Fazenda São Luiz, onde está instalada a Unidade de Ensino. As aulas foram suspensas após as fortes chuvas que dificultaram a passagem de veículos no local. A coordenadora da Unidade, Chiara Lopes, espera retomar as atividades na segunda-feira, dia 31 de julho. Caso a área ainda não esteja segura, o plano é utilizar outros espaços para a realização das aulas, como o Centro de Convenções e o Auditório do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) do município, já cedidos como alternativa.

Na ocasião, o prefeito Davi Brandão assumiu o compromisso de pavimentar o principal acesso à Fazenda São Luiz. “Se o governo do estado não fizer a obra, digo que em janeiro ou fevereiro, antes de começarem as chuvas do próximo inverno, a ladeira vai estar pronta”, garantiu. A reitora reforçou o interesse em fazer parcerias com a prefeitura para apoio em questões de infraestrutura e frisou o acordo feito durante a reunião. “Reforçamos o pedido para o Governo do Estado na construção da estrada de acesso à Pindoba, mas independente disso, o compromisso de resolver o acesso com a pavimentação está firmado”, reforçou Correia.

Com o período chuvoso, a Unidade também sofreu oscilações de energia elétrica, verificadas pela Superintendência de Infraestrutura (Sinfra). A reitora encaminhou ao presidente da Eletrobrás um ofício solicitando reparos na rede. A Sinfra enviou três engenheiros para produzir um relatório técnico sobre os problemas que precisam ser resolvidos junto à Companhia.

Estavam presentes na reunião o superintendente de infraestrutura, Márcio Gomes Barbosa; o diretor acadêmico do Campus Arapiraca, Arnaldo Tenório da Cunha; o ouvidor geral da Ufal, Afonso Espíndola; representando a Pró-reitoria de graduação, Suzane Barrios; e o coordenador do departamento de Medicina Veterinária, Wagnner José Porto.