Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

MEC libera R$ 12,9 milhões para recuperação de escolas e creches atingidas em Alagoas

 

 

O Ministério da Educação anunciou nesta terça-feira, 8, a liberação de R$ 12,9 milhões para obras de reconstrução e recuperação de escolas e creches de municípios alagoanos atingidos pelas enchentes deste ano. Ao todo, 47 obras foram validadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia ligada ao MEC. Serão realizadas 40 reformas e sete novas construções, beneficiando mais de 15 mil estudantes.

“Muitas escolas terão, a partir de agora, recursos para recuperação da estrutura física. Em alguns casos específicos, vamos construir novas unidades de pré-escola e creche, justamente para restabeler o funcionamento da rede de educação no estado de Alagoas e, também, em Pernambuco, que já foi contemplado com recursos”, explicou o ministro da Educação, Mendonça Filho.

De acordo com o ministro, as obras são importantes para dar continuidade ao calendário escolar em Alagoas. “Desde o começo, enviamos equipes do FNDE para fazer o levantamento da situação dessas cidades. Agora, liberamos os recursos e daremos todo o apoio aos municípios”, garantiu.

As obras contemplam seis cidades alagoanas: Barra de Santo Antônio, Jacuípe, Maceió, Marechal Deodoro, Pilar e São Luís do Quitunde. Além das reformas a serem feitas nas estruturas já existentes afetadas pelas chuvas, novas escolas e creches serão construídas para substituir aquelas que estão com as estruturas condenadas ou localizadas em áreas de risco. Os recursos serão administrados pelos próprios municípios.

O ministro do Turismo, Max Beltrão, destacou o empenho do governo federal para recuperar as áreas atingidas pelas chuvas em Alagoas e em Pernambuco. “A educação tem pressa, os alunos não podem esperar. Nós queremos que os alunos de imediato possam estar nas escolas com as condições perfeitas para que possam aprender”, disse.

Em junho deste ano, o ministro anunciou a liberação de um orçamento de R$ 18 milhões do FNDE destinado à recuperação da estrutura física de escolas e creches e à aquisição de equipamentos, mobiliários e livros das instituições prejudicadas pelas chuvas em Alagoas. Em todo o estado, 27 municípios foram afetados e decretaram situação de emergência. Os demais 21 municípios que estiverem nessa condição poderão ser contemplados à medida que suas demandas forem analisadas e validadas pelo FNDE.

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintela Lessa, lembrou o compromisso do governo federal em atender as vítimas das chuvas, por meio da liberação de recursos para ajuda humanitária e, agora, para a reconstrução da infraestrutura prejudicada. “A terceira fase é fundamental, a de prevenção, que todos nos empenhamos a resolver”, ressaltou.

Já o chefe de gabinete do FNDE, Rogério Lot, que representou o presidente da autarquia, Silvio Pinheiro, destacou a rápida ação para verificar a situação das áreas afetadas pelas chuvas. “Enviamos duas equipes do FNDE juntamente com equipes das secretarias de educação e também dos municípios atingidos. Fizemos um grande trabalho de olhar as estruturas dessas escolas e o impacto no mobiliário”, lembrou. O senador alagoano Benedito Lira também participou da cerimônia.

Assessoria de Comunicação Social