Clique aqui para fechar esta janela                                                                              Voltar a página anterior

    ESTUDO DA FÍSICA    

 

O SEU SITE DE ESTUDO NA NET

  SIMULADO ON-LINE  
ÓPTICA GEOMÉTRICA 
(PARTE IV) 
 
 

BOA SORTE

 

Questão 1   
 

Em agosto de 1999, ocorreu o ultimo eclipse solar total do século. Um estudante imaginou, então, uma forma de simular eclipses. Pensou em usar balão esférico opaco, de 40 m de diâmetro, que ocultaria o Sol quando seguro por uma corda a uma altura de 200 m. Feita as observações, protegendo devidamente sua vista, quando o centro do Sol e o centro do balão estivessem verticalmente colocados sobre ele, num dia de céu claro. Considere as afirmações abaixo, em relação aos possíveis resultados dessa proposta, caso as observações fossem realmente feitas, sabendo-se que a distância da Terra ao Sol é de 150 x 106 km, aproximadamente.
I. O balão ocultaria todo o Sol; o estudante não veria diretamente nenhuma parte do Sol.
II. O balão é pequeno demais; o estudante continuaria a ver diretamente partes do Sol.
III. O céu ficaria escuro para o estudante, como se fosse noite.
Está correto apenas o que se afirma em:
a) l.
b)
 II.
c)
III.
d)
l e III.
e)
II e III.  
 
 
Questão
 

O professor pede aos grupos de estudo que apresentem à classe suas principais conclusões sobre os fundamentos para o desenvolvimento do estudo da Óptica Geométrica. 
Grupo l - Os feixes de luz podem apresentar-se em raios paralelos, convergentes ou divergentes. 
Grupo II - Os fenômenos de reflexão, refração e absorção ocorrem isoladamente e nunca simultaneamente.
Grupo III - Enquanto num corpo pintado de preto fosco predomina a absorção, em um corpo pintado de branco predomina a difusão.
Grupo IV - Os raios luminosos se propagam em linha reta nos meios homogêneos e transparentes. São corretas as conclusões dos grupos:
a) l e III, apenas. 
b) II e IV, apenas.  
c) l, III e IV, apenas. 
d) II, III e IV, apenas. 
e) l, II, III e IV. 
 
 
Questão 3 
 
 
Muitas vezes, podemos observar grãos de poeira suspensos no ar, iluminados pêlos raios de sol que entram pela fresta de uma janela. A esse fenômeno físico que ocorre com a luz damos o nome de:
a) dispersão. 
b) refração. 
c) difração. 
d) reflexão. 
e) n.d.a 
 
 
Questão 4 
 
 

Nuvem negra

A astúcia faz com que os polvos não percam tempo diante de um inimigo. Apesar de serem surdos, como todos os membros da família cefalópode, eles enxergam com impressionante nitidez. Seus olhos possuem 50 000 receptores de luz por milímetro quadrado, o que lhes dá uma visão melhor do que a humana. Os adversários também são reconhecidos pelo olfato. As pontas dos oito tentáculos funcionam como narizes, com células especializadas em captar odores. Provavelmente, o bicho percebe pelo cheiro que o outro animal está liberando hormônios relacionados ao comportamento agressivo. Ou seja, pretende atacá-lo. Então lança uma tinta escura e viscosa para despistar o agressor. E escapa numa velocidade impressionante para um animal aquático. 

(Superinteressante. Ano 10, n. 2. fevereiro 1996. p. 62.)


Esse procedimento usado pêlos polvos tem por objetivo dificultar a visão de seus inimigos. No entanto, esse recurso das cores pode ser usado também com a finalidade de comunicação. Para haver essa comunicação, é necessário, porém, que ocorra o fenômeno físico da:
a) refração da luz. 
b) absorção da luz. 
c) reflexão da luz. 
d) indução da luz. 
e) dispersão da luz. 
 
 
Questão 5 
 
 
Entre uma fonte pontual e um anteparo coloca-se um objeto opaco de forma quadrada e de 30 cm de lado. A fonte e o centro da placa estão numa mesma reta que, por sua vez, é perpendicular ao anteparo. O objeto encontra-se a 1,50 m da fonte e a 3,00 m do anteparo. A área da sombra do objeto, produzida no anteparo, em m2, é:
a) 0,18.  
b) 0,36.  
c) 0,81.  
d) 0,54.  
e) 0,60. 
 
 
Questão 6 
 
 
Uma placa retangular de madeira tem dimensões 40 cm x 25 cm. Através de um fio que passa pelo seu baricentro, ela é presa ao teto de uma sala, permanecendo horizontalmente a 2,0 m do assoalho e a 1,0 m do teto. Bem junto ao fio, no teto, há uma lâmpada cujo filamento tem dimensões desprezíveis.
A área da sombra projetada pela placa no assoalho vale, em metros quadrados:
a) 0,90.
b) 0,40. 
c) 0,30. 
d) 0,20. 
e) 0,10. 

 

 
Questão 7 
 
A janela de um quarto escuro dá para a rua, intensamente iluminada pelo Sol. Abrindo uma estreita fresta na janela, um observador que está dentro do quarto percebe a entrada de um feixe de luz, que, além de poder ser visto de diversos locais do quarto, ilumina uma área do seu piso. A respeito dessa situação, analise as proposições seguintes:
I — Ao passar da rua para o interior do quarto, a luz sofre refração.
II — Ao incidir no piso do quarto, a luz sofre reflexão regular.
III — O feixe de luz pode ser visto de diversos locais do quarto devido à difusão da luz por partículas suspensas no ar.
O que você concluiu?
a) Todas são corretas. 
b) Todas são erradas. 
c) Apenas l e II são corretas. 
d) Apenas l e III são corretas. 
e) Apenas III é correta. 
 
 
Questão 8 
 
 
Com o Sol a pino, observa-se que a sombra de um disco circular, projetada no solo plano e horizontal, tem a mesma forma e o mesmo diâmetro do disco. Pode-se, então, concluir que:
a) os raios solares são praticamente paralelos entre si e o disco está disposto paralelamente ao solo. 
b) os raios solares são praticamente paralelos entre si e o disco está disposto perpendicularmente ao solo. 
c) os raios solares são muito divergentes e o disco está disposto paralelamente ao solo. 
d) os raios solares são muito divergentes e o disco está disposto perpendicularmente ao solo. 
e) nada se pode concluir apenas com as informações oferecidas. 
 
 
Questão 9 
 
 
A altura da imagem de um objeto fornecida por uma câmara escura de orifício é diminuída quando:
a) aumentamos o diâmetro do orifício.  
b) diminuímos o diâmetro do orifício.
c) afastamos a câmara do objeto.  
d) aproximamos a câmara do objeto.  
e) diminuímos o comprimento da câmara. 
 
 
Questão 10 
 
Andrômeda é uma galáxia distante 2,3 x 106 anos-luz da Via-Láctea, a nossa galáxia. A luz proveniente de Andrômeda, viajando à velocidade de 3,0 x 105 km/s, percorre a distância aproximada até a Terra, em km, igual a:
a) 4 x 1015
b) 6 x 1017
c) 2 x 1019 
d) 7 x 1021
e) 9 x 1023
 
 

RESULTADOS

Sua nota será:

Você acertou as questões:
Você errou as questões:

VERIFICAR GABARITO