Clique aqui para fechar esta janela                                                                            Voltar a página anterior

ESTUDO DA FÍSICA

 

O SEU SITE DE ESTUDO NA NET

  SIMULADO ON-LINE  
UNIFOR 2002 - FÍSICA 
 
BOA SORTE

 

1. Numa sala cúbica, de aresta a, uma mosca voa numa diagonal (segmento que une dois vértices, 
passando pelo centro da sala). O deslocamento da mosca tem módulo
a) a
b) a
c) 3
d) a
e) 3 a
 
 
2. Numa estrada seca, um carro com pneus em bom estado, pode frear com desaceleração de 5,0 m/s2. Se o carro estiver a 20 m/s, a distância mínima percorrida até parar vale, aproximadamente, em metros,
a) 100
b) 80
c) 50
d) 40
e) 25
 
 
3. Um dublê de cinema deve correr pelo telhado de um prédio e saltar horizontalmente para o telhado de outro prédio, 5,0 m mais abaixo. A distância horizontal que separa os prédios é de 5,5 m. Considere g = 10 m/s2. O dublê poderá tentar a  façanha se conseguir correr no telhado com a velocidade ligeiramente superior, em m/s, a
a) 3,5
b) 4,5
c) 5,5
d) 6,5
e) 7,5
 
 
4. Um elevador e sua carga têm juntos massa de 800 kg. Considere a aceleração local da gravidade 10 m/s2. Inicialmente descendo a 4,0 m/s, ele é freado e pára numa distância de 8,0 m, com desaceleração constante. Nessas condições, a tração no cabo do elevador tem intensidade, em newtons,
a) 7,2 . 103
b) 7,6 . 103  
c) 8,0 . 103 
d) 8,4 . 103
e) 8,8 . 103
 
 
5. Uma haste uniforme e homogênea tem peso 80 N. Ela é articulada numa de suas extremidades e permanece na horizontal presa por uma corda que une a outra extremidade da haste à parede vertical. A corda forma 30° com a haste.
Nessas condições, a tração na corda tem módulo, 
a) 160
b) 80
c) 50
d) 40
e) 20
Dado: sen 30° = 0,50
 
 

Instruções: Para responder às questões de números 6 e 7, considere as informações que seguem.

Um corpo de massa 8,0 kg move-se para sul com velocidade de 3,0 m/s e, após certo tempo, passa a mover-se para leste com velocidade de 4,0 m/s.

6. A variação da energia cinética do corpo, nesse intervalo de tempo, em joules, é
a) 4,0 
b) 18
c) 28 
d) 36 
e) 64
 
 
7. A variação da quantidade de movimento do corpo nesse intervalo de tempo tem intensidade, em kg m/s, de
a) 12   
b) 24 
c) 32 
d) 40 
e) 56
 
 
8. Um pequeno corpo é abandonado, a partir do repouso, no ponto A de uma pista contida no plano vertical. Considere desprezíveis forças não conservativas e adote g = 10 m/s2. Ao passar por outro ponto B, situado 1,8 m abaixo do ponto A, sua velocidade, em m/s, é de
a) 2,0 
b) 3,0
c) 4,0 
d) 5,0 
e) 6,0
 
 
9.  Um corpo sólido, de massa 90 g e volume 100 cm3, encontra-se no fundo de um recipiente contendo um líquido de densidade 0,60 g/cm3. Misturando-se um outro líquido, de densidade 1,5 g/cm3, o corpo começa a flutuar quando a densidade da mistura, em g/cm3, for igual a
a) 0,9 
b) 1,0
c) 1,1
d) 1,2  
e) 1,3
 
 
10. Um recipiente cúbico, fechado, de aresta 20 cm, contém um líquido de densidade 13,6 g/cm3. A pressão no fundo do recipiente, exercida pelo líquido, vale 2,04 . 104 N/m2.
Nessas condições, o volume do líquido contido no recipiente, em cm3, vale
Dado: g = 10 m/s2
a) 8,0 . 103 
b) 6,0 . 103 
c) 4,0 . 103 
d) 2,0 . 103 
e) 1,0 . 103
 
 
11. O volume ocupado por uma dada amostra de água, em função da temperatura, é dado pelo gráfico a lado.
O gráfico que melhor representa a densidade (d) da água em função da temperatura é
a) b) c) 
d) e)
 
 
12. Um cilindro de metal possui, a 20°C, volume de 600 cm3. Aquecido até 120°C ele sofre uma dilatação equivalente a 0,03% do seu volume inicial. Nessas condições, o coeficiente de dilatação linear do metal, em °C–1, vale
a) 3 . 10–8  
b) 1 . 10–7 
c) 3 . 10–7 
d) 1 . 10–6 
e) 3 . 10–6
 
 
13. Considere as afirmações abaixo sobre o calor.
I. Em um líquido o calor se propaga devido à formação de correntes de convecção.
II. Um corpo claro absorve mais calor do que um corpo escuro.
III. O cabo de uma panela é feito de um material que dificulta a condução do calor.
IV. Uma pessoa sente frio quando perde calor rapidamente para o ambiente.
Dessas afirmações são verdadeiras SOMENTE
a) I e II       
b) I e III     
c) I, II e III  
d) I, II e IV 
e) I, III e IV 
 
 
14. Dispõe-se de um bloco de vidro de massa 250 gramas. Fornecendo-lhe 1 000 joules de calor a sua temperatura aumenta de 18°C para 22°C. Em unidades do Sistema Internacional, o calor específico do vidro e a capacidade térmica do bloco  valem, respectivamente,
a) 1,0 . 103 e 2,5 . 103  
b) 1,0 . 103 e 2,5 . 102  
c) 1,0 e 2,5 . 10–1 
d) 1,0 e 2,5 . 102 
e) 1,0 . 10–3 e 2,5 . 103

 
15. Um recipiente de capacidade térmica 50 cal/°C contém 400 g de água a 20°C. Nele são injetados 50 g de vapor de água a 120°C. Admitindo que não há perda de calor para o ambiente, a temperatura final de equilíbrio térmico, em °C, vale
a) 100 
b) 91
c) 83
d) 68
e) 48
Dados:
Calor específico da água = 1,0 cal/g°C
Calor específico do vapor de água = 0,50 cal/g°C
Calor latente de vaporização de água =  540 cal/g

 

 
 
16. Dispõe-se de duas amostras iguais de um mesmo gás, nas mesmas condições de pressão e temperatura. As duas são aquecidas até a mesma temperatura final: uma delas, isobaricamente, e a 
outra, isometricamente.
É correto afirmar que
a) a variação da energia interna do gás foi a mesma para as duas transformações.
b) para as duas transformações, o calor fornecido foi o mesmo.
c) no processo isobárico todo o calor fornecido foi transformado em energia interna do gás. 
d) o trabalho realizado no processo isobárico é menor que no isométrico.
e) no processo isobárico, o trabalho realizado foi igual à variação da energia interna do gás.
17.  O esquema representa a planta baixa de uma loja de instrumentos ópticos que tem 4,0 m de frente por   6,0 m da frente aos fundos. Nessa loja, três atendentes trabalham sentadas nas posições A1, A2 e A3 e o gerente permanece em pé junto ao caixa na posição C. Como se observa no esquema , em frente às atendentes está um enorme espelho plano vertical E, fixado na parede e com 2,0 m de largura, que vai do chão até o teto.
Quando a loja não tem clientes, o gerente, de seu posto no ponto C, pode ver no espelho a imagem SOMENTE
a) da atendente em A1.
b) da atendente em A2.
c) da atendente em A3.
d) das atendentes em A2 e em A3.
e) das atendentes em A1 e em A2.
 
18. Certa quantidade de líquido está contida num recipiente cilíndrico, que tem 14,0 cm de altura e 14,0 cm de diâmetro. Um raio de luz passa rasante na borda superior do frasco, incide na superfície do líquido e atinge o fundo, bem na borda, num ponto diametralmente oposto ao de entrada na borda superior, como está indicado no esquema.
Sabendo que a altura do líquido é 8,00 cm é possível calcular o índice de refração do líquido em relação ao ar, que é igual a
a) 1,75
b) 1,33
c) 1,14
d) 0,750
e) 0,570

 

  
 
19.  A posição relativa, entre um objeto real O e a respectiva imagem I, conjugada por uma lente delgada, está representada no esquema.
De acordo com as indicações do esquema e com a convenção usual de sinais, a distância da imagem à lente e a distância focal da lente, em centímetros, são, respectivamente,
a) + 45 e – 20
b) + 15 e + 12
c) + 10 e – 20
d) – 15 e – 20
e) – 30 e + 15

 

 
 
20.  Suponha que dois pulsos retangulares se propagam numa corda elástica com velocidade de 20,0 cm/s, nos sentidos indicados na figura. 
Em determinado intervalo de tempo ocorrerá a interferência entre esses pulsos. A duração da interferência entre esses pulsos
a) tende a zero.
b) é igual a 0,500 s
c) é igual a 1,00 s
d) é igual a 1,25 s
e) é igual a 1,50 s

 

 
 
21.  Dois condutores metálicos e esféricos, 1 e 2, respectivamente, de raios R e 2R com cargas elétricas + 16 Q e – 4 Q estão isolados um do outro e, também, da vizinhança. Os dois condutores foram ligados um ao outro por um fio condutor e, a seguir desligados. Após serem desligados e ficarem isolados novamente, as cargas elétricas existentes nos condutores 1 e 2 serão, respectivamente,
a) – 8 Q e + 8 Q
b) – 6 Q e + 6 Q
c) + 4 Q e + 8 Q
d) + 6 Q e + 6 Q
e) + 8 Q e + 8 Q
 
 
22. Duas placas metálicas paralelas, distantes 1,5 cm uma da outra, estão eletrizadas com cargas +Q e +Q, gerando na região interna às placas um campo elétrico uniforme de intensidade 300 N/C. A diferença de potencial entre as placas, em volts, é igual a
a) 4,5
b) 5,0
c) 20
d) 45
e) 200 

 

 
 
23.  No esquema está representado um circuito com uma bateria e cinco capacitores idênticos.
De acordo com as ligações do esquema, o capacitor que está com maior carga elétrica é o
a) C1 
b) C2
c) C3
d) C4
e) C5

 

 
 
24. Um resistor R, cuja curva característica está representada no gráfico, forma uma associação em paralelo com outro resistor X, obtendo-se uma resistência elétrica
  Assim sendo, a resistência elétrica do resistor X, em ohms, é igual a
a) 50
b) 100
c) 150
d) 200
e) 300 

 

 
 
25. Uma característica importante das linhas de força de um campo magnético é que elas são sempre
a) radiais.
b) paralelas.
c) arcos de circunferência.
d) abertas.
e)  fechadas.
 

RESULTADOS

Sua nota será:
Você acertou as questões:
Você errou as questões:

VERIFICAR GABARITO